terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Não pode nem dar beijo?

Agora a pouco estava deitada na minha cama dando uma super atenção à minha cria. Eu estava contando a ela várias estórias e aí ela começou a pegar no meu rosto, sorrir e achar super engraçado tudo o que eu dizia.
Até que eu dei um beijinho nela, no rosto daquele serzinho lindo, gosto, fofinho! E ela amou, começou a dar gargalhadas, então eu a enchi de beijos! Beijo no rosto, no queixo, na barriga e várias selinhos!
Logo parei e  a minha filha começou a brincar com os pés, foi aí que eu comecei a divagar. Pensei no carinho que havia acabado de dar na minha filha e nos vários beijinhos e então me recordei do que várias e várias pessoas me disseram: Não pode dar beijo, em filho pequeno a gente só pode cheirar e olhe lá, dá sapinho!
Além de tudo tem outros ditos como: Não pode dar selinho, se não ela não vai saber onde isso pode começar e onde isso acaba, sem contar das tendências homossexuais (?!).
Pensei: que tristeza, já pensou se eu se quer pudesse beijá-la? E as risadas que eu perderia? Os olhares de felicidade, a retribuição por aquele gesto de carinho?
Eu acho que não se deve perder um minuto de gestos de amor e carinho com os nossos filhos. Eles são nossos tesouros e não há nada melhor que mimá-los com o que temos e é de graça: gestos de amor!
Minha mãe e eu trocamos selinhos até hoje, é até engraçado, mas eu adoro! Nunca tive tendências homossexuais por conta disso, até porque não tem nada a ver né gente, e também nunca saí por aí beijando meus coleguinhas na escola rsrsrsrs
Mas o que quero dizer com isso tudo? Além de tudo o que já disse?! Que não devemos poupar formas de expressar o nosso amor pelos nossos filhos por conta do que os outros dizem, do preconceito da sociedade ou por conta de que algumas pessoas acham certas coisas estranhas.
Carinho é muito bom, vamos à prática!

3 comentários:

  1. isso!!! adorei, apoiada! carinhos sem limites!!

    ResponderExcluir
  2. Aproveitem... Beijem muito... porque daqui a pouco as crias cerscem e daí... não querem mais nossos beijinhos! snif, snif!

    ResponderExcluir